João Raone

Músico, pesquisador e professor natural de Recife, tem se dedicado ao estudo, interpretação e divulgação do violão e dos instrumentos dedilhados antigos que o antecederam como o alaúde, teorba, guitarra barroca, vihuela, entre outros.
Iniciou seus estudos de violão com o professor Henrique Annes em Recife. Formou-se em violão no Conservatório Pernambucano de Música, sob orientação de Guilherme Calzavara, e continuou seus estudos na Universidade Federal da Bahia, sob orientação de Mario Ulloa, com quem concluiu a graduação e o mestrado em Performance Musical. Em 2012, mudou-se para Alemanha a fim de estudar instrumentos dedilhados antigos com o renomado alaudista e professor Rolf Lislevand no Institut für Alte Musik da Staatliche Hochschule für Musik Trossingen, na qual, em junho deste ano, concluirá seu mestrado em práticas interpretativas da Renascença e do Barroco.
Durante sua carreira, teve a oportunidade de aperfeiçoar-se através de diversos cursos e masterclasses com alguns dos maiores nomes do violão como Fabio Zanon (Brasil), Eduardo Fernandez (Uruguai), Thomas Patterson (EUA), Kevin Gallagher (EUA), Sharon Isbin (EUA), Pablo Marquez (Argentina/ Suíça), Eduardo Isaac (Argentina), entre outros. Na área de Música Antiga, igualmente, fez cursos com Guilherme de Camargo (Brasil), Hopkinson Smith (EUA/ Suíça), Charles Toet (Holanda), Leonardo Loredo (Brasil/ França), Joachim Held (Alemanha), Vincent Dumestre (França), entre outros.
Tem se apresentado em diversas salas de concertos por todo o país e no exterior, como solista ou camerista, em recitais ou como convidado em festivais. Fez a primeira audição mundial de diversas obras de compositores brasileiros e colaborou com vários músicos, especialmente com o flautista João Liberato com quem manteve um duo por mais de 10 anos. Apresentou-se também como solista de diversas orquestras como Orquestra Sinfônica da UFBA, sob a regência de Erick Vasconcelos e José Mauricio Brandão, Orquestra Sinfônica Jovem do CPM, sob regência de Jose Renato Acioly, Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, sob regência de André Muniz, Orquestra de Câmera de Pernambuco, sob regência de Sérgio Barza, entre outras.
Desde 2007 é professor efetivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde leciona Violão, Música de Câmera e História e Literatura do Instrumento.

Posts relacionados:

  • Recital de Bruno Tavares (violão)
    O violonista Bruno Tavares realizou seu recital de conclusão do curso técnico em violão no dia 11 de Dezembro de 2019 no Auditório Onofre Lopes da Escola de Música da…
maltepe escort ataşehir escort kadıköy escort anadolu yakası escort ataşehir escort pendik escort kurtköy escort kartal escort kadıköy escort maltepe escort kartal escort deneme bonusu escort bayan ataşehir escort
deneme bonusu veren siteler
pendik escort ümraniye escort