72 – Impressionismo (Marcus Varela)

Movimento estético originado no final do século 19, o Impressionismo representou a primeira grande quebra em relação à tradição musical tonal, apontando caminhos para a música contemporânea. Na pintura é caracterizado pelo jogo de luzes e cores, que leva à percepção do objeto ou da paisagem, sem contornos definidos. Na música o equivalente seria a ausência de uma tonalidade bem definida, em que os acordes não encadeados e as escalas não tradicionais levam a um estado de flutuação, estimulando a imaginação do ouvinte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *